Não é caldo...

terça-feira, maio 04, 2004

Crônica de uma noite no Kart

Sempre que após alguma corrida de Fórmula 1 via algum piloto sair esgotado do carro, achava que era encenação. Depois de correr 20 minutos em um kart, me pergunto como eles conseguem sair do carro. É impressionante como desgasta e exige controlar o carrinho. Achei que seria fácil, mas só não fiquei em último por que houve um abandono. Confiram a crônica escrita brilhantemente por Luiz Filipe Barbosa:

A temporada 2004 enfim começou! Destaque para Marcelo Simões, mais conhecido
como "senhor Aline Polycarpo", vencedor da prova e dono da pole-position e
da melhor volta. O GP Adriano Schuwinckler - homenagem ao nosso bicampeão
que não pôde correr devido a compromissos profissionais - teve pegas
incríveis, batida entre quatro carros de uma vez e curvas em alta
velocidade. Vamos às performances:

MARCELO "O PROFISSIONAL" SIMÕES - O cara janta, almoça e toma café no
kartódromo agora. Virou viciado, Aline só o encontra quando tem corrida.
Treina todo dia, recebe dicas, mexe na mecânica dos carros. Venceu e levou
14 pontos (10 do 1º lugar, 2 da pole e 2 da fastest lap). Sinistro!

DANI "LIGEIRAS" LEIRAS - Largou em segundo e chegou em segundo. Travou um
pega histórico com o Filipe e não deixou passar de jeito nenhum. Corre
muito, se defende muito, erra pouco. No volante do kart, é quase perfeita.
Mas no volante do Palio ... Deus nos livre! Levou 8 pontos.

FILIPE "SEMPRE LEVANDO POEIRA DA DANI" BARBOZA - A máxima sempre repetida
pelo referido piloto ("essa mulher entrou no campeonato masculino só para me
tirar pontos") valeu como nunca. O doido passou a prova toda tentando dar o
bote. Ficou no quase. Ô mulé difícil! Em 3º, fez 6 pontos.

CARLOS "O BAILARINO" DUPLAR - O vice de 2003 ignorou o cartaz de "Proibido a
cardíacos" e correu. Mas não brilhou. Marcante mesmo foi o aquecimento: no
seu alongamento muito peculiar de munhecas e lombar, chegou a lembrar por
ora a Ana Botafogo. É, aquela do balé. Levou 5 pontos.

MÁRCIO "O POLÊMICO" MACULO - O escocês conseguiu ser vítima e algoz na mesma
corrida: acusou Aline de fechá-lo e prejudicá-lo. Mas virou réu no tribunal:
Marcelo Monteiro jura que foi imprensado e virou sanduíche em atitude
antiesportiva do BigMac. Chegou em 5º: 4 pontos.

MARCELO "A APARIÇÃO" MONTEIRO - Desfalque dado como certo, surpreendeu ao
aparecer e abusou das ultrapassagens no Allan. Saiu cuspindo vespas e
marimbondos contra o Maculo e foi prejudicado pelos fiscais, que demoraram a
tirá-lo dos pneus. Apesar disso, foi o 6º: 3 pontos.

ALLAN "O GARFADO" CALDAS - Parece até o Fluminense: pouco resultado e muita
reclamação da arbitragem. Justiça seja feita, foi mesmo prejudicado: largou
em último, mas, no registro do computador, fez a sexta volta da tomada de
tempo. Sofreu para passar a Aline. Fez 2 pontos.

ALINE "MÉDICO-E-MONSTRO" POLYCARPO - Um caso assustador de dupla
personalidade, tipo Dr. Jekyl e Mr. Hyde. Para alguns, na pista ela é a
mesma doce e meiga Aline de sempre. Para outros, porém, um verdadeiro
monstro, que dá fechadas, ignora a bandeira azul e provoca acidentes. Fez 1
ponto.

SÉRGIO "O CALOURO" MAGGI - "Ué, tem marcha, é?" A frase, antes da corrida,
denunciava a tensão. Mas ele fez o que um estreante deve fazer: chegou lá
atrás. E teve batismo: um tapão da recepcionista no capacete: "Pô, aí dentro
tem a minha cabeça", chiou. Foi o 9º e nada de ponto.

ANGIE "A GUERREIRA" DINIZ - Não queria correr mas foi para o sacrifício em
nome da unidade da galera. Um exemplo de espírito esportivo. E de cabelos
fartos. O fiscal chegou a parar o carro da moça por causa dos cabelos que
escapavam do capacete. Abandonou antes do fim e acabou em último.

PRÓXIMA ETAPA: 31 de maio, no NORTE SHOPPING. Até lá!!!

segunda-feira, maio 03, 2004

De vez em quando entre os milhões de mails inutéis que recebo por dia, chega algo legal:

1) vá ao site do google - www.google.com

2) Digite - weapons of mass destruction - (não digite ENTER)

3) Clique no botão Estou com Sorte (não no pesquisar)

4) Leia a mensagem de erro atentamente, a página toda.

domingo, maio 02, 2004

A nova onda da internet é o Orkut. O que é isso? Bom, ainda não consegui definir muito bem. Mas a idéia é você criar uma rede conhecidos e através deles conhecer outras pessoas. O ponto forte do Orkut são as comunidades. São na verdade fóruns de discussão sobre os mais variados assuntos, desde o Rio de Janeiro até Sadomasoquismo, passando por grupos dedicados a determinados escritores ou atores.

Ainda estou aprendendo a usar, mas parece ser divertido. Experimenta lá.

This page is powered by Blogger. Isn't yours?

Comments by: YACCS