Não é caldo...

segunda-feira, setembro 30, 2002

Nirvana é uma das maiores bandas de todos os tempos. Isso não se discute. Músicas como 'Come as you are', 'Smells Like Teen Spirit', 'Scentless Apprentice' e 'All Apologies' já são clássicos.

Agora, logo após a viúva de Kurt Cobain, Courtney Love, e os dois outros intregantes da banda terem chegado a um acordo para o lançamento de novo material do grupo, começa a circular na internet uma música totalmente inédita, gravada depois da conclusação do disco 'In Utero' e três meses antes do suícidio de Cobain.

O jornalista Charles Cross afirmou que "se não é a música mais importante do Nirvana, com certeza está entre as dez mais". Cross é o autor da biografia mais séria e completa de Cobain feita até hoje, "Mais Pesado que o Céu".

Então, esperando o quê? Baixe agora mesmo 'You Know You're Right'. É fácil achar com o Kazaa.

sábado, setembro 28, 2002

A 'Mate-me por favor' de ontem foi excelente. Não estava cheia nem vazia demais. Gustavo não aviadou demais nas músicas. E tinha vários amigos lá. O único porém foi que não tinha Absolut e tive que me contentar com Smirnoff.

sexta-feira, setembro 27, 2002

Pintou na área um blog que promete ser um dos maiores sucessos da internet. Entrem por sua conta e risco: Meninos, eu vi
Como estou de folga hoje, enfiei o pé na jaca ontem. Resultado: agora estou aqui em frente do computador, de ressaca (normalmente não tenho, mas devia saber que não devia misturar chopp com doses cavalares de whisky) tendo que escrever a coluna de segunda e os perfis de dois candidatos ao governo do Espírito Santo para hoje. Mas o máximo que estou conseguindo fazer é ler alguns blogs, enquanto tomo uma pepsi e fumo um charuto, tentando fazer minha cabeça voltar a funcionar, pelo menos parcialmente.

E não posso enrolar, porque daqui a pouco tenho que sair para um encontro importantíssimo: finalmente, após alguns meses, minhas filhas aceitaram sair comigo. Não vou explicar em detalhes a situação, mas desde a páscoa que elas estão me evitando. Mas agora finalmente as coisa melhoraram.

E de noite rola a super festa Mate-me por favor, onde o grande Marlos estará comemorando seu aniversário. Ou seja, tomarei outro porre. E estou de plantão este final de semana. Bom, vou assistir ao Seinfeld para me inspirar e ver se escrevo logo a porra da coluna.

Isto é só um desbafo. Quando a ressaca passar, acho que vou apagar esta choramingação...

quarta-feira, setembro 25, 2002

Queria saber como é que um prédio simplesmente desaba em uma das ruas mais movimentadas do Centro do Rio.
Veja bem, você pode estar calmamente tomando um cafezinho ou comendo um ovo colorido em um boteco e de repente o teto desaba sobre a sua cabeça. Isso porque o imbecil de um pedreiro não sabia que não podia remover um mezzanino do prédio. Só uma coisa a dizer: é foda!!!!!

terça-feira, setembro 24, 2002

Copiando post do blog do Gustavo (que deu a sorte de não me encontrar no domingo e levar outra surra na sinuca)
A próxima Mate-me por favor
Deve ser legal. Será aniversário da prima de um amigo e também do Marlos; você quer ir? Será na SPIN (Rua Teixeira de Melo, 21, no quarteirão da praia de Ipanema, altura da praça General Osório). Sexta-feira, dia 27 de setembro, às 22h30, mais ou menos. Ingresso a R$ 5, consumação a R$ 7, e bastante gente boa, pelo que já vi das listas de convidados. Como não pedirei divulgação em jornal, dá para ser uma festa aberta e ao mesmo tempo fechada, só vai quem sabe dela...


segunda-feira, setembro 23, 2002

Ah, só de curiosidade. O primeiro filme de M. Night Shyamalan não é 'Sexto Sentido' e sim a comédia 'Wide Awake', sobre um garoto que descobe seu primerio grande amigo, conhece sue primeiro professor preferido, sofre a primeira perda da sua vida e descobre o seu primeiro amor. Não vi, mas fiquei curioso em conhecer.
M. Night Shyamalan ficou conhecido por causa do filme 'Sexto Sentido'. Muita gente se decepcionou com o filme seguinte, 'Corpo Fechado'. Mas acho que isso fi por causa da maneira que o filme foi vendido, com sendo algo na linha de 'Sextoo Sentido', ou seja, outro filme sobre o sobrenatural. Mas era na verdade uma história de super-herói, do tipo das revistas em quadrinhos. Só que contada de uma maneira que nada tinha a ver com as histórias de super-heróis e super-vilões que conhecemos.

Essa é a genialidade de Shyamalan. A maneira como ele conta as histórias. 'Sinais' é uma história sobre uma invasão alienígena, mas contada de uma maneira diferente e muito mais assustadora do que já foi contada antes. E isso sem mostra grandes naves, tiros, lasers ou o que seja. E o filme não alivia em momento algum. Do começo ao final, você fica tenso na cadeira do cinema.


Pegue o James Bond. Entupa-o de açai e anabolizantes, tire 90% do charme e da inteligência e o transforme em um praticante de esportes radicais e você terá Xander Cage, herói vivido por Vin Diesel em 'Triplo X'.

O filme tem todos os elementos de uma aventura de 007: um maluco querendo destruir o mundo, belas mulheres e diversos brinquedinhos de última geração que sempre salvam o herói no último instante.

O resultado acaba sendo um filme com um roteiro batido mas altas doses de adrenalina, por causa das muito bem feitas cenas de ação ao som de muito rock pesado. Um bom passatempo para uma tarde fria.

quinta-feira, setembro 19, 2002

Sempre que estou acordado de madrugada em casa, não passa nada que preste na TV. É só eu não estar, que passa filmes e mais filmes sensacionais. Esta semana perdi uma das maiores obras-primas do cinema, de um dos maiores gênios do cinema: Sunset Boulevard, traduzido aqui para Crepúsculo dos Deuses, de Billy Wilder.

Se eu fosse condenado a só assistir um filme pelo resto da minha vida este seria o escolhido. Tem a mistura de tudo que gosto em filmes: suspense, romance, humor, ironia. E atuações magníficas de Gloria Swanson e William Holden.

Agora é esperar que o Telecine Classic reprise. Mas os telecines tem o péssimo hábito de só repetir filmes ruins......

terça-feira, setembro 17, 2002

Uma estranha coincidência. Hoje conversando com duas pessoas (Maria e Fabiana) no icq em horários diferentes, as duas disseram de repente no meio da conversa depois de algo que disse: dejá vú.
Eu sei que sou repetitivo, mas tenho certeza que não estava me repetindo. Provavelmente isso não quer dizer nada, mas fiquei intrigado.
Será que estou vivendo dentro do Matrix?

segunda-feira, setembro 16, 2002

Estreou na semana passada uma excelente série no canal USA: Monk.
É sobre um detetive que é uma mistura de Hercule Poirot com Inspetor Closeau. E ele também tem uma obsessão por limpeza e organização. Vale a pena conferir.
Chocolate
Não, não vou falar da humilhante derrota do fluzinho para o São Paulo por 6 a 0 (com o tricolor paulista perdendo pênalti e Romário dando tapa na cara do zagueiro).
O chocolate se deu na famosa sinuca do Largo do Machado. Os adversários: eu e meu eterno freguês, Gustavo de Almeida. No começo, parecia que a disputa seria equilibrada. Gustavo venceu a primeira melhor de 5 por 3 a 2, de virada. Na segunda melhor de cinco, a zebra começou a ser espantada: vitória minha por 3 a 2.
A decisiva melhor de 5 só serviu para comprovar que Gustavo é meu freguês: 3 a 0, com direito ao adversário jogar o taco no chão diante da superioridade do rei da mesa.

sexta-feira, setembro 13, 2002

Gustavo comenta no post anterior que dei uma secada. Fui falar que esperava que nada acontecesse no dia 11 e deu aquela merda em Bangu I. Pode ser, mas a maior secada que já dei na minha vida foi na véspera do 11 de setembro original.

Estava indo embora, tarde como disse no post abaixo, mas antes fui dar uma conferida nos sites concorrentes. O IG estava com uma promoção: iam fazer o dia das boas notícias. A idéia era que no dia seguinte, o Último Segundo só daria boas nbotícias. Inadvertidamente, viro para o meu chefe e falo:

- Viu o IG? Vão fazer o dia das boas notícias... Só de sacanagem, amanhã o mundo vai acabar...

Não acabou, mas esteve perto. Até hoje me sinto culpado pela queda do WTC...

terça-feira, setembro 10, 2002

Bom, há um ano atrás, na passagem de 10 para 11 de setembro, sai do trabalho depois das 3h da manhã, por causa do assassinato de Toninho do PT, prefeito de Campinas. Às 11h, cerca de oito horas depois, estava de volta, por causa dos atentados de 11 de setembro.
Espero que este ano eu não precise acordar cedo de novo.

segunda-feira, setembro 09, 2002

Bom, para tirar um pouco de onda, este blog agora é internacional. Confira aqui.
Não é a primeira vez que isso acontece. De vez em quando alguém sem nada para fazer na vida aparece no meu blog e resolve me xingar. Como o zé mané que apareceu nos comentários do post anterior. Não me importo, rio muito com o monte de asneiras que o imbecil diz. E fico muito feliz quando vejo meus amigos me defendendo. O que deve deixar o cara mais puto ainda. Porque um imbecil como ele não deve ter amigos, não no sentido em que eu entendo essa palavra.

sexta-feira, setembro 06, 2002

O poder de 'Asereje'. Além da música grudar como chiclete, por causa dela acabo de conhecer uma portuguesa. A simpática Joana fez uma busca por essa música e acabou caindo aqui no meu blog. Gostou do que leu e apareceu no meu ICQ.

quinta-feira, setembro 05, 2002

Este mês não pretendia comprar livro nenhum. Primeiro porque minha conta bancária se encontra bastante combalida (gastos com aniversário da minha filha mais nova) e mês que vem será pesado (dia das crianças e aniversário da minha filha mais velha). Segundo, tenho livros suficientes para ler até o final do ano.

França passou aqui e eu consegui ignorá-lo. É triste ver o França ir embora sem que eu tenha nenhum livro novo em minhas mãos. Mas, acho que deve ter alguém lá em cima (que apesar de tudo o que faço) ainda gosta de mim. Acabei ganhando 'Conversa com a memória', livro recém-lançado do jornalista Villas-Bôas Corrêa.
Você como eu é fã da série 'Seinfeld'? Quer saber o que o protagonista do seriado anda fazendo? A resposta está aqui.

quarta-feira, setembro 04, 2002

A nova moda em blogs: os audio blogs. Confira um aqui.
Saiba mais aqui
Tricolor otário, quem tem Zé Carlos não precisa de Romário
Renaaaaaato, viaaaaaado. Renaaaaato, viaaaaaaado.

Esses foram os gritos que embalaram o chocolate que o Flamengo deu no Fluzinho: 5 a 2. Com detalhe que Romário ainda perdeu pênalti e continua sem marcar o 100º gol em Campeonatos Brasileiros.
Uma experiência bem esquisita e pertubadora: clique aqui e assista a uma simulação visual e auditiva de como uma pessoa com esquizofrenia percebe o mundo a sua volta. Fica melhor se você estiver usando fones de ouvido.
Como se já não bastassem os 5 mil mails de spam que recebo regularmente com todo tipo de ofertas, agora passei a receber mais 5 mil de candidatos a deputados. Estou guardando todos.
Para saber em quem não votar.

segunda-feira, setembro 02, 2002

Quem lê esse blog há algum tempo, sabe da minha grande admiração pelo Raymond Chandler. E já disse aqui que "Um longo adeus" é um dos melhores, quiçá o melhor, livro dele. E hoje conversando com uma amiga sobre filmes baseados nas obras do Chandler, descubro que o livro virou filme em 1973, dirigido pelo genial Robert Altman.

Definitivamente tenho que ver esse filme.


Podem dizer que não é civilizado, que isso é ruim para o processo democrático e tal...
Mas o debate com o Ciro e o Serra quase saindo no tapa fica muito mais interessante....

This page is powered by Blogger. Isn't yours?

Comments by: YACCS